Your SEO optimized title



terça-feira, 22 de maio de 2012

Quanto custa casar???

Casar custa de R$ 30 mil a R$ 500 mil
Valores estão 20% mais caros em relação a 2011 devido as
matérias-primas e a falta de mão de obra

Foto: Tiago de Brino / Especial
Silvia Helena, que trabalha em loja de decoração: demanda segue em ritmo aquecido na cidade
Silvia Helena, que trabalha em loja de decoração: demanda
segue em ritmo aquecido na cidade

Um casamento completo em Ribeirão Preto custa no mínimo R$ 30 mil, mas há quem não economize no requinte e a cerimônia alcança R$ 500 mil. Conforme apurado junto a profissionais do mercado, um casamento de R$ 30 mil integra pacote mais simples para 100 participantes. Já o de R$ 500 mil prevê evento de luxo para 300 convidados.

Os valores médios estão 20% mais caros na comparação com 2011. A alta foi pressionada pela inflação, de 6,75% em um ano, conforme o IBGE, pelo encarecimento da matéria-prima e também pela falta de mão de obra.

Casar na igreja também ficou mais caro porque foi aplicado neste mês o reajuste anual.
Na Catedral de Ribeirão Preto, uma das mais disputadas para cerimônias que costumam ser marcadas com um ano e meio de antecedência, o aumento da taxa foi de 12%.O casamento sem efeito civil passou de R$ 280 para R$ 315. Já o com efeito civil (em que o cartório dá a habilitação para o casamento na igreja) não sofreu alteração e continua por R$ 415.

Parcelamento
Segundo Rodrigo Assis, secretário da Catedral de Ribeirão Preto, o pagamento é feito antes, quando o casal marca a cerimônia, mas pode ser parcelado. "O custo pode ser dividido em até duas vezes no cartão ou no cheque", explica.

Já casar no papel também ficou mais caro desde janeiro. Os preços dos serviços cartoriais são atrelados à Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesp). O Tribunal de Justiça (TJ-SP) é quem fixa os valores dos serviços de cartório. O aumento anual dos serviços cartoriais foi de 5,67% na comparação com 2011.
A lavratura de casamento, que custava R$ 261,75, desde que realizada na sede de qualquer cartório, passou para R$ 276,60. Vanessa da Silva Arroyo, gerente de uma loja especializada em decoração na avenida Portugal, na zona Sul, explica que os custos das flores, a base da ornamentação em igrejas e nas festas, teve uma elevação por causa do clima. A orquídea, por exemplo, usada em decorações mais sofisticadas, foi de R$ 45 para R$ 80 em um ano.
Impulsionado pela ascensão da classe C, com dinheiro para gastar além das despesas essenciais, o setor de casamentos mantém-se aquecido em Ribeirão Preto. Vanessa Arroyo, gerente de uma loja especializada em decoração, diz que em 2009 recebia dois pedidos de serviços por semana e hoje são quatro.
A maioria de quem contrata ornamentação, segundo ela, é formada por casais que já possuem casa própria. Mas o segmento enfrenta problemas de apagão de mão de obra, a exemplo de outros que cresceram junto com o fluxo econômico brasileiro sem pessoal qualificado para trabalhar.
A cerimonialista Alda Petean investiu em rádiocomunicadores, vestimentas da equipe e capacitação.
Nos últimos dois anos empregou mais duas pessoas e hoje conta com quatro. O desafio agora é crescer no mesmo ritmo de 2012. "Já temos casamentos fechados para 2013 e conseguir mão de obra qualificada dentro do padrão de qualidade exigido pela empresa preocupa", diz a empresária.
{Por: jornalacidade.com.br}

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante para a melhora do conteúdo deste blog. Obrigada!!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails
AVISO IMPORTANTE!!!
Muitas fotos são retiradas da Internet, não são de minha autoria, são reproduções e não pretendem ferir nenhum direito de uso de imagem.
Se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo, eu o removerei ou colocarei os devidos créditos.
Obrigada!!!!
 
// As matérias com imagens devem ficar no lugar deste comentário. //
// As matérias com imagens devem ficar no lugar deste comentário. //