Your SEO optimized title



sexta-feira, 1 de junho de 2012

A partir de R$ 25 mil, casamentos movimentarão R$ 14 bi em 2012

A partir de R$ 25 mil, casamentos movimentarão
R$ 14 bi em 2012

Véu, grinalda, música, igreja, bolo, bem casados e todos os detalhes embutidos em uma festa de casamento devem movimentar R$ 14 bilhões apenas nesse ano - valor 40% superior aos R$ 10 bilhões gastos por brasileiros em 2011 com este tipo de festa, de acordo com pesquisa do Instituto Data Popular. Quem quer subir no altar deve estar preparado: um casamento completo no interior do País sai por cerca de R$ 25 mil e uma festa voltada para a classe A na cidade de São Paulo não sai por menos de R$ 300 mil.
A alta nos valores pagos nos casamentos está relacionada ao maior interesse em formalizar as relações afetivas. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010 foram registrados 977.620 casamentos no Brasil, o que representa alta de 4,5% em relação a 2009. A indústria do casamento emprega cerca de 45 mil trabalhadores no País e movimenta uma massa salarial de quase R$ 47 milhões ao mês, conforme a Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais (Abrafesta).
Um evento do tipo conta com cerca de 40 fornecedores diferentes e, mesmo "simples", uma festa completa em São Paulo custa cerca de R$ 60 mil, de acordo com a assessora de casamentos Flavia Gurgel. Nas outras capitais, evento similar sai por cerca de R$ 45 mil. De acordo com o produtor de eventos Zuza Nacif, o valor médio das festas nas principais capitais é de R$ 100 mil.
"É um setor que vem crescendo bastante a cada ano, principalmente para as pequenas e médias empresas", diz Vera Simões, presidente da Abrafesta e organizadora da feira Casar, considerada uma das mais importantes do setor no País e que ocorre no final de maio em São Paulo.

Personalização
No novo cenário dos casamentos, saem os pais e entram os noivos como os provedores - são eles que arcam com os custos do sonho. E nessa nova etapa as festas ficam mais personalizadas, com destaque para os mini weddings (pequenos casamentos para até 100 pessoas) e festas que vão até altas horas da manhã, que incluem lanche da madrugada.
"Toda essa personalização encareceu os casamentos, pois os noivos agora ficam todo o tempo na festa então querem que ela dure mais e, com isso, as exigências são maiores, com ilhas de antepastos que ficam no local a noite inteira e comidas para a madrugada", diz Cristina Tavollieri, do Buffet Bela Cintra.
"Quando eu e meu noivo pensamos em casar, imaginávamos que com R$ 20 mil, R$ 25 mil, faríamos uma festa boa, sem luxo, mas tudo bem feito, para 250 pessoas. Mesmo com uma grande pesquisa e negociação, já estamos ultrapassando os R$ 35 mil", diz a química Thaiz Schiavo, 25 anos.
A consultora de recursos humanos Karla Silva, 28 anos, estourou o orçamento para deixar o casamento mais fiel ao casal.
Ela esperava gastar R$ 40 mil, mas a estimativa atual é de R$ 60 mil. "Os gastos a mais são por conta de mimos extras que acrescentamos para abrilhantar mais o casamento. Detalhes que fazem a diferença, como uma lembrancinha mais elaborada, guardanapos personalizados, painéis para incrementar a decoração, porta guardanapos, entre outros detalhezinhos que somados oneram muito", conta.


Custos
Para controlar os gastos - e ficar dentro do orçamento - é recomendado separar um capital para contratar um assessor, profissional que ajuda na seleção dos fornecedores com preços acessíveis aos bolsos dos noivos, e fazer muita pesquisa. "O assessor sabe qual o fornecedor é mais adequado ao tipo de festa do casal e evita que eles percam tempo com fornecedores que não estão no seu limite de custos. São os assessores também que ajudam a deixar a festa com a cara do casal, uma tendência dos casamentos atuais", diz Flávia.
A jornalista Tatiana Rocha, 29 anos, se assustou coma diferença de preços dos fornecedores quando estava pesquisando para a sua festa de casamento, realizada em abril. Sua grande surpresa foi a decoração. "Me assustei muito com os altos valores e com a diferença de preços entre fornecedores. Além disso, é dificil mensurar se o valor é justo ou não frente ao que eles oferecem, afinal você só vê o "produto" pronto no dia do casamento", diz.
A arquiteta Ward Lauar, 26 anos, também se surpreendeu nesse quesito. "O valor de decoração chegou a variar 100% de um fornecedor para o outro", comenta. "Nesse mercado a pesquisa é fundamental, assim as noivas evitam procurar fornecedores cujos preços estão acima do que podem pagar", diz a assessora.

Luxos
De acordo Nacif, as principais tendências para casamentos de alto luxo incluem vários vestidos para noivas (um para igreja, outro para festa e outra para deixar a festa), bufês pratos de vários países, decoração especial temática, bares com bebidas de alta qualidade, degustação de cervejas, atrações artísticas orquestras, bailarinos, cantores famosos e fogos de artifício para casamentos em locais aberto.
Além disso, há aqueles noivos que fazem lembrancinhas personalizadas em prata e pedras preciosas, enviam álbuns personalizados com fotos do casamento para os padrinhos, usam placas de LED em toda a decoração, disponibilizam carros luxuosos para transportar os padrinhos, e há mesmo quem produza um pequeno filme de cinema para ser exibido em telão de alta resolução na festa. "O céu é o limite quando se fala em custo de um casamento AAA, mas ainda assim sugiro que mesmo quem pode pagar muito não coloque atrações muito especiais pois o foco das festas ainda {Por: midiamax.com}

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante para a melhora do conteúdo deste blog. Obrigada!!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails
AVISO IMPORTANTE!!!
Muitas fotos são retiradas da Internet, não são de minha autoria, são reproduções e não pretendem ferir nenhum direito de uso de imagem.
Se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo, eu o removerei ou colocarei os devidos créditos.
Obrigada!!!!
 
// As matérias com imagens devem ficar no lugar deste comentário. //
// As matérias com imagens devem ficar no lugar deste comentário. //