Your SEO optimized title



terça-feira, 12 de março de 2013

Cerimônias de casamento devem movimentar R$16 milhões em 2013



Cerimônias de casamento devem movimentar R$16 milhões em 2013 Festas estão se tornando cada vez mais sofisticadas


Estado de Minas


A gerente administrativa Isabella Maria Fontes Bicalho Mayumi e seu marido, o advogado Mário Henrique Mayumi, inovaram na festa de casamento, uma cerimônia para 1 mil convidados, que aconteceu em setembro do ano passado, em Barbacena, dançando um tango. A inspiração veio do filme Perfume de mulher, estrelado pelo ator Al Pacino. Para tornar a data inesquecível, o noivo, que nunca tinha dançado nem em boate, propôs à noiva que, no lugar da valsa do casamento, os dois bailassem um tango. Para isso, contrataram uma professora de dança e ensaiaram durante uma semana. No local da festa, mandaram instalar uma pista de dança com LED, que se acendeu quando a música Por una cabeza, de Carlos Gardel, começou a tocar. O mimo encareceu ainda mais a festa, mas fez a alegria dos noivos e dos convidados.

Os brasileiros nunca gastaram tanto para se casar. Neste ano, o mercado de festas nupciais deve receber R$ 16 bilhões, 8% mais do que em 2012, que, por sua vez, movimentou o dobro do volume de dinheiro de 10 anos antes. Em 2011, foram R$ 11,67 bilhões. Os números são da Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais (Abrafesta), que reúne empresas do ramo em todo o país. Além do tango e da pista de LED, que se acendeu inesperadamente, para deleite dos convidados de Isabella e Mário, os noivos ofereceram aos convidados as tradicionais sandálias Havaianas e, para cada uma das mulheres, uma pashimina – tipo de xale que tem a função de proporcionair mais conforto para as moças nas festas realizadas no inverno. 

As novidades introduzidas por noivos que exigem a personalização do evento, tendência da última hora, são um dos motivos pelos quais esse tipo de festa está saindo cada vez mais caro. Letícia Martins, proprietária da Lecult Produções e Eventos, está no ramo há seis anos. De acordo com ela, a inflação das festas de casório sobe mais de 30% ao ano e pode até dobrar de um ano para outro. “Fiz um casamento em Trancoso (BA) em abril de 2011 e outro no ano seguinte. Eram duas irmãs e a festa foi praticamente igual, com os mesmos fornecedores. O primeiro saiu por R$ 80 mil, o segundo, no mesmo local, custou R$ 250 mil”, afirma. A irmã de Letícia Martins casou-se há seis anos e também gastou R$ 250 mil na festa. “Hoje, para fazer uma cerimônia igual, o custo ficaria entre RS 350 mil e R$ 400 mil”, calcula. 


Nem mesmo um casal de noivos tipicamente mineiros, que vai se casar no fim deste mês em Belo Horizonte, e que contou a sua história na condição de que seus gastos e nomes não fossem revelados pela reportagem, aceita fazer uma festa de casamento tradicional. A festa deles vai começar muito antes do casamento, mais especificamente no dia da despedida de solteiro. Os dois combinaram fazer a comemoração no mesmo dia porque muitos de seus amigos em comum são casados ou têm namorada. Nesse dia, ele vai com os homens a uma casa noturna e ela, depois do chá de lingerie, fecha a noite com as amigas numa boate itinerante, com direito a um gogoboy. A lembrancinha de casamento será uma bandeja de porcelana que levará um bolo de rolo (tradicional rocambole pernambucano) embrulhado com um laço de fita e uma florzinha. E nada de axé. A banda contratada vai animar a noite com muito Beatles e rock and roll. “A gente quer aproveitar ao máximo, por isso vamos fazer uma festa que é a nossa cara”, diz a noiva. 

Felizes para sempre O número de casamentos está aumentando no Brasil. Em 2010 foram registrados 977.620, avanço de 4,5% em comparação com o ano anterior, aponta o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Abrafesta, a indústria do casamento emprega cerca de 45 mil trabalhadores no país e movimenta uma massa salarial de quase R$ 47 milhões ao mês. Quem quer subir ao altar comemorando em estilo sofisticado, deve preparar o bolso. Pesquisa do Instituto Data Popular mostra que uma festa de casamento custa entre R$ 25 mil e R$ 300 mil. O preço varia de acordo com a disposição do freguês para gastar. 




Existem nada menos do que 30 milhões de solteiros entre 20 e 40 anos nas classes C, D e E no Brasil e nada menos do que 41% deles – 12,3 milhões – pretendem se casar em dois anos. Eles são o alvo da indústria de casamentos, cada vez mais sofisticada. Após cair em 2009 e 2010, o último censo mostra que o número de enlaces no país voltou a aumentar em 2010, alcançando a marca de 1 milhão. A expectativa é de que esse número tenha fechado 2012 em 1,3 milhão, indica o levantamento do Data Popular.  

{Por: diariodepernambuco.com.br}

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante para a melhora do conteúdo deste blog. Obrigada!!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts with Thumbnails
AVISO IMPORTANTE!!!
Muitas fotos são retiradas da Internet, não são de minha autoria, são reproduções e não pretendem ferir nenhum direito de uso de imagem.
Se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo, eu o removerei ou colocarei os devidos créditos.
Obrigada!!!!
 
// As matérias com imagens devem ficar no lugar deste comentário. //
// As matérias com imagens devem ficar no lugar deste comentário. //